Em que hardware instalaram o HA?


(Hopeless Automations) #21

Eu tenho um servidor privado a correr Ubuntu server e corro Home Assistant atravez do docker.

No servidor tenho tambem instalado Sonarr, para fazer download automatico das series quando saem, Radarr o mesmo mas para filmes, Lidarr para fazer download de musica, Filebot para fazer download de legendas, Pydio uma cloud selfhosted do estilo Dropbox/Google Drive etc, Airsonic um “clone” do spotify selfhosted e Gogs uma versao do Github mas selfhosted.


(Hopeless Automations) #22

Eu comecei a usar mais Orange Pi boards em vez de Raspberry Pi por terem eMMC de 8GB ou 16GB integrado.

Por exemplo um Orange Pi PC Plus custa a volta de 25euros, quadcore 1.6GHz 1GB RAM, ethernet e wifi 3 USB portas tem microfone integrado e tem eMMC 8GB de memoria interna e perfeito para correr HA por muitoooo tempo


(Rui Oliveira) #23

Boas,
Eu instalei o Hassbian no RaspBerry pi 3 B+ com cartão Samsung SD de 32Gb.


(Rui Corveira) #24

Boa tarde Diogo,

Estes componentes, MySQL + InfluxDB + Grafana, foram instalados na QNAP?


(Diogo Gomes) #25

Sim.

  • MySQL através do plugin próprio do QNAP,
  • Influx + Grafana dentro de uma VM

(Rui Corveira) #26

ok, acho que a QNAP que tenho não permite ter VMs. TS 231P.
Obrigado pela info.


(Ricardo Silva) #27

Podem sempre pôr o raspberry a arrancar por pen ou disco usb assim resolvem essa situação.
O meu proximo passo é pôr um ssd por usb e pôr o raspberry a arrancar por ele. Neste momento por falta de tempo esta por pen usb.


(Jorge Assunção) #28

@ricain Podes colocar um tutorial sobre como colocar o Rpi a arrancar por USB?


(Ricardo Silva) #29

@j_assuncao esta mais em cima: Em que hardware instalaram o HA?


(Jorge Assunção) #30

É pá, desculpa @ricain! Estou todo queimadinho…


(Diogo Gomes) #31

Pois… por isso é q comprei o TS-251+
:slight_smile:


(Ricardo Silva) #32

Aqueles que tem o raspberry como hardware, aconselham correr o HA num docker para ter os add-on? É que tenho o hassbian mas como sabem nao dá para meter os add-ons.


(Helder Lima) #33

Rpi3B + SD 16gb + Hassio


(karma) #34

@j_assuncao que tipo de UPS e ligação fizeste para ligar ao rpi3? Tenho uma powerbank de 20000mAh mas sei que no manual dizia para não a carregar ao mesmo tempo que a utilizava


(Jorge Assunção) #35

Utilizo uma do eBay que permite carregamento e fornecimento de energia em simultâneo. Mas atenção que a fonte de energia para carregar o powerbank/UPS tem de estar preparada para fornecer o suficiente para carregar as baterias, alimentar os dispositivos ligados e ter alguma margem.

Se tiveres só um Rpi ligado e estiver a gastar 2,5A e o carregamento das baterias consumir 2A tens de ter no mínimo uma fonte de 6A (2,5A+2A+margem) a alimentar o powerbank/UPS.


(karma) #36

Obrigado @j_assuncao. Vou ter em atenção esse pormenor


(carlos pereira) #38

Docker num NAS da QNAP (TS-853A), anteriormente estava no servidor Ubuntu em casa.


(jpm) #39

Bom dia,

Depois de ter perdido já uns 3 dias com este assunto queria pedir vos 1 pouco mais de ajuda.

Já fiz todos os passos descritos aqui, e em outros foruns, para correr o HA num SSD mas o sistema acaba sempre por “não fazer nada” quando mudo no /boot/cmdline.txt para a partition que quero:

/dev/mmcblk0p1: LABEL="boot" UUID="B003-FED0" TYPE="vfat" PARTUUID="7a26bca4-01"
/dev/mmcblk0p2: LABEL="rootfs" UUID="82e7c035-607c-465a-a5c1-a5d4bff6d5f8" TYPE="ext4" PARTUUID="7a26bca4-02"
/dev/mmcblk0: PTUUID="7a26bca4" PTTYPE="dos"
/dev/sda1: LABEL="rootfs" UUID="82e7c035-607c-465a-a5c1-a5d4bff6d5f8" TYPE="ext4" PARTUUID="bdcc400d-72a3-4b8d-839f-139ec92f223c"

Depois tiro o cartão volto a mudar esse ficheiro para o sd card e volta a ficar tudo ok mas…diria que não é esse o comportamento esperado.

PS: já testei todos os metodos que encontro, já troquei a psu, ja liguei o modo de “timeout” para dar mais tempo ao disco, max_usb_current=1, mas deve faltar algo


(Pedro Januário) #40

Eu já há uns dias postei sobre o meu repo onde estou a colocar um playbook para uma instalação completa, que serve para instalar e manter, é idempotente.
Por agora o playbook só está a ser testado em Ubuntu mas pode facilmente ser melhorado para correr no RPi também, estou a user Ubuntu Bionic (18).

O playbook trata do seguinte (ou vai tratar):

  • OS e SSH Hardening (repoem configurações seguras no server)
  • fail2ban (não implementado)
  • ufw (firewall)
  • OpenVPN (os serviços vão ser accessiveis apenas por vpn) (não implementado)
  • backups dos folders de dados e backups applicacionais (não implementado)
  • docker (utilizado para correr as apps descritas de seguida)
  • Elasticsearch + Kibana + Filebeat (Centralização de logs de todos os servers e dashboard de pesquisa e monit)
  • MetricBeat + PacketBeat (monitorização dos servers) (não implementado ainda)
  • Homeassitant (ligado ao postgres)
  • Postgres
  • InfluxDB + Grafana + Chronograf (gráficos) (não implementado e ainda não sei se justificará)
  • Snapcast Server (a implementar)
  • Mopidy Server (a implementar)

Por agora assim de cabeça é mais ou menos isto.
Como tinha aqui um mac mini encostado tá a fazer de server e deixei o pi para testar o que pretendo montar de multiroom. Quando tiver a minha frota de RPi que vão servir de multi room controllers a minha ideia é usar Kubernetes e fazer um cluster com os pi’s e usar o mac mini como master :slight_smile: e assim usar os rpi que maior parte do tempo vão estar idle.

Além disso o meu PI (0 model B) deu-lhe uma travadinha e ainda não perdi tempo a descobrir, já troquei o ssd e nada. Foi por isso que acabei por ir para ubuntu e para o macmini.

No meio de tudo, quem quiser depois experimentar tem uma config de vagrant para criar um vm em virtualbox e correr e testar as cenas e também podem usar docker-compose para correr tudo. :smiley:
Em breve eu faço update do repo, tenho trabalho muito offline no avião então ainda não actualizei as cenas e preciso actualizar os docs.

Apesar de ser tudo automatização, atenção a quem quiser se aventurar porque também tem muita tech no meio :smiley:


(Ricardo Silva) #41

Bom dia jpm,

Podes mostrar o conteúdo do ficheiro cmdline.txt, assim será mais simples.
Qual o modelo do pi? (pi1 ou pi2 ou pi3,…)
Tens raspbian?